- Publicidade -

Origem da palavra “Candidato”

Candidato significa vestido de branco, cândido, puro. Vem do latim candidatus, isto é, vestido de branco (candidus), cândido (= sem mancha), porque os candidatos tinham que apresentar uma vida imaculada.  No dicionário: cândido, candidez, candura, candor – significado: puro, sincero, inocente.

Na Roma antiga, assim se vestiam os pretendentes a cargos eletivos para se apresentar ao povo no campo de Marte.

Aquele que disputava um cargo público e precisava angariar votos vestia-se de branco para simbolizar sua pureza. É lógico, portanto, que exijamos de um candidato ou candidata que a sua vida, e não apenas as suas roupas, estejam limpas!

Os romanos distinguiam entre dois tipos de branco

O branco comum era chamado albus. Em Roma havia tábuas branqueadas com gesso colocadas em lugares públicos. Nelas eram escritos os editos dos pretores, determinações do sumo pontífice e outras manifestações de interesse público. Na forma neutra, álbum, chegou até os nossos dias, designando um suporte físico para colocação de recortes, fotografias, etc.

Mas havia o candidus, o branco brilhante, o branco aquele de propaganda de sabão em pó. Quando uma pessoa desejava assumir um cargo público, passava a vestir uma túnica branca. Se o povo achasse que ela não tinha condições para tal cargo, encarregava-se de atirar sujeira nessas vestes, de modo a mostrar que o assim chamado candidatus era desagradável a um grande número de pessoas.

Eleições vem do latim electìo, que significa “escolha”, falamos sobre a origem das palavras relacionadas às eleições aqui.

- Publicidade -

Artigos recomendados