- Publicidade -

Origem da palavra “Panamá”

Panamá é um termo de origem controversa, designando na língua indígena falada no Panamá, ao tempo do descobrimento do país, “abundância de peixes, de borboletas e de árvores”.

Outros pesquisadores afirmam que, na verdade, Panamá tem origem no nome de uma árvore chamada panamá. Os nativos usavam locais onde havia estas árvores para fazer reuniões.

Uma terceira teoria afirma que Panamá tem origem na frase panna mai, do idioma nativo cuna e que significava “mais longe”.

Em 1888, ganhou também o significado de roubalheira, por força das fraudes de uma companhia encarregada da construção do Canal do Panamá, só concluído em 1913. E, por equívoco, dá nome a chapéu fabricado no Equador e comercializado no Panamá.

  • Panamá significava “abundância de peixes” no idioma dos indígenas locais. Em 1501, quando Don Rodrigo Galván de Bastidas descobriu esta região, encontrou uma aldeia de pescadores que davam esse nome ao lugar.
  • Em um museu ao lado do Canal do Panamá há uma escrita que diz que esse nome tem origem em um idioma aborígene e que significa “Terra de Borboletas”.
  • Alguns historiadores atribuem o nome à majestosa árvore chamada localmente de Panamá, de sombra abundante e muito comum na área, em que famílias indígenas se reuniram, portando querendo dizer também: “Abundância de Árvores”, na época colonial o lugar era conhecido como o país ou a cidade de abundância de peixes, borboletas e árvores.
  • Perto do local da fundação da cidade existiam pequenos povoados de pescadores chamados Panamá, como indicado em uma carta, por isso alguns autores dizer ser este o motivo para a cidade ser batizada com aquele nome. Outros significados: em língua indígena significava “mais além” e outros dizem que este era o nome de um chefe da região.

Vuestras Altezas sabrán que Panamá es una pesquería en la costa del Mar del Sur e por ser pescadores los indios dicen Panamá – Carta de Pedro Arias de Ávila a Fernando el Católico (1516)

- Publicidade -

Artigos recomendados