Origem da palavra “Etimologia”

106

Etimologia, etymology em inglês, vem do grego ἐτυμολογία, composto de ἔτυμος étumos (real, verdadeiro) + λογία logia ou logos (estudo, descrição, relato) e significa hoje o estudo científico da origem e da história de palavras.

É a parte da gramática que trata da história ou origem das palavras e da explicação do significado de palavras através da análise dos elementos que as constituem. Por outras palavras, é o estudo da composição dos vocábulos e das regras de sua evolução histórica.

Algumas palavras derivam de outras línguas, possivelmente de uma forma modificada (as palavras-fontes são chamadas étimos). Por meio de antigos textos e comparações com outras línguas, os etimologistas tentam reconstruir a história das palavras – quando eles entram em uma língua, quais as suas fontes, e como a suas formas e significados se modificaram.

Conhecer a evolução do significado de uma palavra desde sua origem significa descobrir seu verdadeiro sentido e conhecê-la de forma mais completa.

O estudo etimológico de palavras, além do aspecto curioso, demonstra as origens comuns e as semelhanças encontradas no plano de vocabulário entre as línguas europeias, como é o caso do inglês e do português.

O escritor romano Cícero traduziu para o latim como ueriloquium, que significa “maneira de falar verdadeiro”.

Quatro

O numeral quatro provém de kwetwores (proto-indo-europeu), que deu origem tanto ao sânscrito chatur quanto ao latim quattuor. O vocábulo latino por sua vez chega até os nossos dias sob as formas quatro e cuatro (português e castelhano, respectivamente), entre outras.

Xadrez

O jogo de xadrez tem seu nome originário do sânscrito pela associação dos termos chatur e anga (quatro partes, em referência aos quatro elementos dos exércitos na época: elefantes, cavalaria, carruagens (ou barcos) e infantaria, os quais eram as peças que compunham o jogo antecessor do xadrez, o chaturanga). O vocábulo chegou à nossa língua através da seguinte evolução: (sânscrito) chatur angachaturanga → (persa) schatrayanschatraynshadrayn / shadran → (árabe) al xedrechalxedrezajedrez (castelhano) e xadrez (português). No oriente se tornou Xiangqi (China) e (xiangixongi) Shogi (Japão).

Pseudo-etimologia

O estudo da origem das palavras pode, contudo, levar a armadilhas e a falácias etimológicas, que formam a pseudo-etimologia ou a etimologia popular. Um exemplo, bastante discutido, é o da palavra cadáver que, segundo alguns autores, teria origem na inscrição latina “caro data vermibus” (carne dada aos vermes), que supostamente seria inscrita nos túmulos.

Na verdade, não se encontrou, até hoje, nenhuma inscrição romana deste gênero. Hoje é defendido pelos etimologistas que a palavra deriva da raiz latina “cado”, que significa “caído”. A favor desta teoria está o fato de santo Isidoro de Sevilha referir que o corpo deixa de ser cadáver a partir do momento em que é sepultado.

- Publicidade -

Artigos recomendados