Autópsia do Grego Autos, própria, e Opsis, olhar, formou-se autopsia, olhar para si mesmo. Trata-se de neologismo criado pelos primeiros legistas, que entendiam ser a autópsia uma forma de observar a si mesmo de dento de um cadáver.

O primeiro termo a ser utilizado foi necrópsia, onde os cirurgiões barbeiros realizavam a dissecação do corpo humano, e o médico apontava a estrutura. Com a realização das necrópsias pelos próprios médicos passou-se a designar autópsia.

A forma necropsia, utilizada a princípio como variante, não se popularizou.

O radical auto (do grego autós) significa mesmo, próprio, de si mesmo. Exemplos: automóvel (que se move por si), auto-retrato (retrato que um indivíduo faz de si próprio), auto-suficiente (que se basta a si mesmo), autonomia (faculdade de se governar por si próprio). Assim, ao pé da letra autópsia ou autopsia quer dizer “exame de si mesmo”.