- Publicidade -

Nacionalidades e Gentílicos

Castelo de Neuschwanstein (Schloss Neuschwanstein)

Em português, quando dissemos assim: “Eu sou brasileiro”, o “brasileiro” em questão é um adjetivo pátrio. Se eu disser, “um prato típico brasileiro” é a mesma coisa. É um adjetivo. Em alemão, isso é diferente.

É preciso saber logo a diferença:

a) SUBSTANTIVOS que designam uma nacionalidade, sempre se referindo ao(à) cidadã(o) daquele país/região/continente.

b) ADJETIVOS usados juntos a outros substantivos para caracterizá-lo como oriundo de um determinado país/região/continente.

Como em português, as terminações usadas para se dizer a nacionalidade são as mais diversas. Não há uma regra para isso, precisando mesmo aprender qual devemos usar para cada país.

A boa notícia, é que em alemão só existem duas terminações comuns. (ao contrário do português).

TIPO 1. Masculino termina em -ER, Feminino termina em -ERIN.

TIPO 2. Masculino termina em -E. Para formar o feminino singular, basta (geralmente) substituir o -E do masculino, por -IN.

Land (País)Mann (Homem)Frau (Mulher)
Brasiliender Brasilianerdie Brasilianerin
Englandder Engländerdie Engländerin
Italiender Italienerdie Italienerin
Argentiniender Argentinierdie Argentinierin
Ägyptender Ägypterdie Ägypterin
Österreichder Österreicherdie Österreicherin
Spaniender Spanierdie Spanierin
Mexikoder Mexikanerdie Mexikanerin
Schweizder Schweizer die Schweizerin
Land (País)Mann (Homem)Frau (Mulher)
Frankreichder Franzosedie Französin
Finnlandder Finnedie Finnin
Chileder Chilenedie Chilenin
Dänemarkder Dänedie Dänin
Polender Poledie Polin
Portugalder Portugiesedie Portugiesin
Großbritaniender Britedie Britin
Russlandder Russedie Russin
Schwedender Schwededie Schwedin

Como podemos observar, é bem irregular. Por exemplo, o país Brasilien termina em -IEN, mas vira BrasiliAner, já Italien vira ItaliEner e Argentinien fica somente Argentinier. Não tem regra, tem que se aprender pra cada país mesmo.

Atentem para uma irregularidade, o cidadão francês é “der Franzose”, já a cidadã francesa tem o Umlaut “die FranzÖsin”.

Obs.: Lembrem-se, todas estas palavras se referem somente a pessoas. Para fazer o plural, é preciso conhecer outras regras.

Como não poderia deixar de ser, os alemães são a maior exceção de todos. Para se dizer “o alemão ” ou “a alemã”, você tem que declinar a palavra “Deutsch” como se fosse um adjetivo.

Adjetivos

Vamos agora aos adjetivos pátrios propriamente ditos.

Todos os adjetivos relativos aos países recebem a terminação –ISCH. Em geral, basta pegar a forma da nacionalidade sem a terminação e acrescentar -ISCH. Os adjetivos são sempre escritos com letra minúscula

Brasilienbrasilianisch
Englandenglisch
Italienitalienisch
Argentinienargentinisch
Frankreichfranzösisch
Österreichösterreichisch
Portugalportugiesisch
Polenpolnisch
Türkeitürkisch

Wir essen gerne mexikanisches/türkisches Essen.
A gente gosta de comer comida mexicana/turca.

Die brasilianischen Strände sind sehr schön.
As praias brasileiras são muito belas.

Den Portugiesen schmeckt der portugiesische Wein.
Os portugueses gostam do vinho português.

Esses mesmos adjetivos são usados para representar os idiomas.

Ich spreche Deutsch/Italienisch/Portugiesisch
Eu falo alemão/italiano/português

Uma exceção é o adjetivo “suíço”. Ele é tem uma forma fixa “Schweizer”, sempre escrito com letra maiúscula e não é declinável, ou seja, mantém sempre a mesma forma em todos os casos e gêneros.

- Publicidade -

Artigos recomendados