Gramática essencial da Língua Italiana

85

Alfabeto

letrapronúnciaexemplo
A, aagatto (gato)
B, bbbosco (bosque)
C, cantes de a, o, u, h pronuncia-se como kcarne (carne), chiuso(fechado)
antes de e, i como tchcirca (cerca)
com cia, cio, ciu o i não é pronunciadociao (tchau)
D, ddiario (diário)
E, eaberto em sílaba tônicabello (bonito), ieri (ontem)
fechado em sílaba átonaregalare (dar, presentear)
F, ffarina (farinha)
G, gantes dea, o, u, h como ggamba (perna), ghiaccio (gelo)
antes de e, i como di no portuguêsgelo (frio)
com gia, gio, giu o i não se pronunciagiacca (jaqueta)
gli pronuncia-se como lhitagliatelle (Tagliatelle), moglie (mulher)
gn pronuncia-se como nhlasagna (lasanha)
H, hnão é pronunciadohotel (hotel)
I, idire (dizer); il (o), sinistra (esquerda)
L, llago (lago)
M, mmano (mão)
N, nnave (navio)
O, oo tônico pronuncia-se abertoofferta (oferta), uovo(ovo)
o átono pronuncia-se fechadomonumento (monumento)
P, pporto (porto)
Qu, quo u também é pronuncidaquindi (assim, logo)
R, rr como em caroruscello (riacho)
S, santes def, p, q, t, depois del, n, r, como ss em portuguêsstalla (estábulo), pulsante (botão), passo (passo)
no começo de palavra é átonosala (salão)
antes deb, d, g, l, m, n, r, z, e entre vogais é tônicosbarra (barreira), slitta (trenó), casa (casa)
sca, sco, scu, schi, schepronuncia-se como skscala (escada), scheda (bilhete)
sci,sce, scia, scio, sciu pronuncia-se como chscelta (escolha), sciovia (teleférico)
T, tteatro (teatro)
U, uuno (um)
V, vvano (espaço)
Z, zcomo tszuppa (sopa), alleanza(aliança), senza (sem)
dzpozzo (poço), organizzato (organisado)

Acentos

O acento gráfico é quase sempre o grave: sarà, però, così. Só se usa o acento agudo sobre a letra e: perché, viceré. Utiliza-se o acento gráfico:

  • Nas palavras com duas ou mais sílabas, sendo a última delas a tônica: virtù, città, caffè, mangiò;
  • Em muitos monossílabos que contem um ditongo: già, più, ciò;
  • Em alguns monossílabos, para distingui-los de outros com igual grafia mas significado diferente: è (forma verbal), e (conjunção): (advérbio), la (artigo definido).

Nos demais casos quase não se usam acentos gráficos. Na maior parte dos casos – mas nem sempre – o acento tônico incide sobre a penúltima sílaba. Ele pode, no entanto, incidir sobre diversas outras, desde a última até a que precede a antepenúltima.

Elementos da gramática

Gênero e número

Em italiano, há apenas dois gêneros: o masculino e o feminino. As palavras masculinas terminam quase sempre em -o; as femininas, em -a. Mas há casos em que a regra se inverte (masculinas terminam em -a e femininas em -o) e há também outras desinências vocálicas.

Na formação do feminino, realizam-se em geral as seguintes alterações:

  • Palavras terminadas em -o: maestro > maestra
  • Palavras terminadas em -e: signore > signora, principe > principessa, nipote > nopote (invariável).
  • Palavras terminadas em -a: poeta > poetessa, artista > artista (invariável)
  • Palavras terminadas em -tore: antore > antrice

Na formação do plural, seguem-se em geral as seguintes regras:

  • Os nomes femininos terminados em -a (casa) mudam a desinência para -e (case)
  • Os nomes masculinos terminados em -a (poeta) mudam a desinência para -i (poeti)
  • Os nomes masculinos terminados em -o (maestro) mudam a desinência para -i (maestri)
  • Os nomes terminados em -e (pittore, pittrice) mudam a desinência para -i (pittori, pittrici)
  • Os nomes terminados numa vogal acentuada (caffè, virtù, città) ou formados por uma só sílaba são invariáveis.

Há muitas exceções que às vezes chegam a produzir mudança de gênero quando a palavra passa do singular para o plural: uovo (masculino, singular) para a ser uova (feminino, plural).

Para manter o som forte do c e do g, as palavras que terminam em -co, -ca, -go e -ga mudam a desinência, respectivamente, para -chi, -che, -ghi e -ghe. Também aqui, há exceções: quando o acento tônico recai na antepenúltima sílaba, muitas palavras que terminam em -co e -go formam o plural em -ci e -gi: medico > medici.

Artigos

masculino
feminino
Artigos definidosArtigos indefinidos
singularpluralsingular
il, lo/l’
la/l’
i, gli, leun, uno
una, un’

Emprega-se os artigos lo, gli e uno antes de palavras que começam com s seguido de consoante (studio), z, x, ps, gn e i seguido de vogal (iato). Lo e gli também são usados antes de palavras que começam com vogal; neste caso, a vogal de lo sofre elisão (l’abito). O mesmo ocorre com os artigos la e una antes de palavras que começam com vogal (l’edera, un’amica).

A contração das preposições a, di, da, in e su com os artigos definidos dá origem às seguintes formas:

a – al, allo/all’, ai, agli; alla/’all’, delle
di – del, dello/dell’, dei, degli; della/dell’, delle
da – dal, dallo/dall’, dai, dagli; dalla/dall’, dalle
in – nel, nello/nell’, nei, negli; nella/nell’, nelle
su – sul, sullo/sull’, sui, sugli; sulla/sull’, sulle

As contrações formadas pela preposição di também são usadas como artigos partitivos e artigos indefinidos plurais.

Adjetivos

Como regra geral, o adjetivo masculino singular termina em -o, com feminino em -a e plural em -i e -e (buono, buona, buoni, buone) ou em -e, com feminino invariável e plural em -i (utile, utili).

Graus de comparação dos adjetivos

Comparativo
de superioridadepiù + adjetivo + di (che)
de inferioridademeno + adjetivo + di (che)
de igualdadetanto + adjetivo + quanto
così + adjetivo + come
Superlativo
relativoil (lo, la, i, gli, le) + più + adjetivo + di
absolutoadjetivo + desinência -issimo (-a, -i, -e)
molto + adjetivo

Pronomes pessoais

RetosOblíquos
forma tônicaforma átonacom verbos pronominais
1ª singulariomemimi
2ª singulartutetiti
3ª singularegli, ella, esso, essa, lui, leilui, lei, esso, essa, sélo, la, gli, le
1ª pluralnoinoicici
2ª pluralvoivoivivi
3ª pluralessi, esse, loroessi, esse, loro, séli, lesi

Usam-se egli e ella para pessoas. Esso e essa são empregados sobretudo para animais e coisas. Às vezes, lui, lei e loro são usados como sujeito.

Em italiano, é frequente o sujeito ficar subentendido: penso (io penso). Contudo, usa-se o pronome pessoal reto quando a forma verbal se presta a confusões (penso che tu sia…) ou quando se pretende destacar o sujeito (io l’amo, tu no).

As formas tônicas dos pronomes oblíquos são geralmente precedidas de uma preposição: con me.

refere-se ao próprio sujeito, enquanto lui e lei dizem respeito a outras(s) pessoa(s): pensano a (pensam em si), pensano a lei (pensam nela). Esso, essa, essi e esse referem-se a animais ou coisas.

As formas átonas são empregadas com a função de complemento direto ou indireto: lo vedo (vejo-o), gli dico (digo-lhe). Ci e vi podem também ser usados como advérbios de lugar, com o sentido de “aí”, “naquele lugar”: ci vado (vou aí).

Também a partícula ne pode ter um valor adverbial com o sentido de “daqui”, “dali”, ou também de pronome pessoal (“dele”, “dela”, “deles” ou “delas”): ne vengo ora (venho de lá); non ne no (não tenho [do que estamos falando]).

Os pronomes átonos podem ser empregados de forma combinada, nas funções de complemento indireto ou direto (ou de outro complemento, quando se trata de ne), o que dá origem às seguintes combinações:

1ª pessoa singularme lo (la, li, le)me ne
2ª pessoa singularte lo (la, li, le)te ne
3ª pessoa singularglielo (gliela, glieli, gliele)
se lo (la, li, le)
gliene
se ne
1ª pessoa pluralce lo (la, li, le)ce ne
2ª pessoa pluralve lo (la, li, le)ve ne
3ª pessoal pluralse lo (la, li, le)se ne

Os pronomes átonos precedem o verbo quando este está conjugado: te lo prometo, ce ne occupiamo. Mas seguem-no quando se trata do infinitivo, gerúndio, particípio passado ou imperativo: portargliela (levá-la), consegnatami (entregue a mim).

Como forma de cortesia, usa-se a terceira pessoa do feminino singular lei (no plural, loro ou voi), que às vezes pode ser grafada com inicial maiúscula. Obtém-se a forma impessoal do verbo com a partícula pronominal si acompanhando a terceira pessoa do singular do verbo: si dice, si fa.

Adjetivos e pronomes possessivos

SingularPlural
masculinofemininomasculinofeminino
1ª Pessoa Singularmiomiamieimie
2ª Pessoa Singulartuotuatuoitue
3ª Pessoa Singularsuosuasuoisue
1ª Pessoa Pluralnostronostranostrinostre
2ª Pessoa Pluralvostrovostravostrivostre
3ª Pessoa Pluralloroloroloroloro

Adjetivos e pronomes possessivos

SingularPlural
masculinofemininomasculinofeminino
questoquestaquestiqueste
codestocodestacodesticodeste
quello/quelquella(adj.) quegli/queiquelle
(pron.) quelli

Normalmente, questo (este) indica proximidade em relação a quem fala; codesto (esse), hoje pouco usado, exprime proximidade em relação a quem ouve; quello (aquele) indica distância em relação a quem fala e ouve.

Há outros demonstrativos que se usam apenas para pessoas; no masculino singular, constui e colui (aquele); no feminino singular, costei e colei (aquela); no plural, costoro e coloro (aqueles, aquelas), Ciò é um pronome invariável, de sentido neutro, que significa “isto”, “isso”, “aquilo”.

Pronomes interrogativos

SingularPlural
chichi
cheche
qualequali
quanto, quantaquanti, quante

Chi (quem) refere-se exclusivamente a seres vivos. Che (que) é invariável; como adjetivo, equivale a quale (qual); como pronome, refere-se apenas a coisas. Todos os pronomes interrogativos também podem ser usados em frases exclamativas.

Pronomes relativos

Che pode ser sujeito ou complemento direto. Cui [o/a qual, os/as quais, cujo(s)] só pode exercer funções de complemento indireto quando precedido de uma preposição (il tavolo su cui c’è… [a mesa sobre a qual há…]). Il quale (la quale, i quali, le quali) pode ser usado em todos os casos. Chi refere-se exclusivamente a seres animados e corresponde a “aquele(a) que”, “quem”.

Adjetivos e pronomes indefinidos

alcuno(a), alcuni(e)algum(a), alguns(mas)
altrettanto(a), altrettanti(e)outro(a) tanto(a), outros(as) tantos(as)
altro(a), altri(e)outro(a), outros(as)
certo(a, certi(e)certo
chiunque (pron.)quem quer que
ciascuno(a)cada um(a)
diverso(a), diversi(e)diversos(as)
molto(a), molti(e)muito
nessuno(a)nenhum(a), ninguém
niente, nulla (pron.)nada
ogni (adj.)cada
ognuno(a) (pron.)cada um
poco(a), pochi(e)pouco
qualche (adj.)alguns
qualcosa (pron.)algo
qualcuno(a) (pron.)alguém
qualunque, qualsiasi (adj.)qualquer
stesso(a), stessi(e)mesmo(a), mesmos(as)
tale, talital, tais
tanto(a), tanti(e)tanto(a), tantos(as)
troppo(a), troppi(e)demasiado, demais
tutto(a), tutti(e)todo(a), todos(as)
uno(a) (pron.)um(a)
vario(a), varii(e)vários(as)

Preposições mais usadas

aa, em
dide
dade, desde por (agente)
inem, a
concom
susobre
perpor, para
tra, fraentre
davanti (a)diante de
dietro (a, di)atrás de
controcontra
prima (di)antes de
dopo (di)depois de
durantedurante
soprasobre, em cima de
sottosob, embaixo de
pressoem, cerca de
dentrodentro de
fuori (di)fora de
fino aaté
lungoao longo de
vicino (a)perto de
lontano (da)longe de
eccetto, tranneexceto, salvo
senzasem
per mezzo dipor meio de
invece diem vez de
in mezzo apor meio de
intorno aem torno de
di fronte aem frente de
di fianco aao lado de

Conjunções e advérbios mais comuns

ee
o, oppureou
ma, peròmas
anche, puretambém
nem
cheque
sese
prima (che)antes (que)
dopo (che)depois (que)
comecomo
doveonde
perchéporque
quandoquando
mentreenquanto
moltomuito
pocopouco
forsetalvez
quasiquase
sempresempre
mainunca
già
piùmais
benebem
malemal
ora, adessoagora
oggihoje
domaniamanhã
ieriontem
prestocedo, já
tarditarde

Muitos advérbios de modo são formados acrescentando-se -mente à forma feminina do adjetivo: lentamente (de lento).

Verbos

Verbos auxiliares

São dois: essere (ser, estar) e avere (ter)

Infinitivoessereavere
Particípiostatoavuto
Gerúndioessendoavendo
Indicativo
Presenteio sonoio ho
tu seitu hai
egli èegli ha
noi siamonoi abbiamo
voi sietevoi avete
essi sonoessi hanno
Pretérito imperfeitoio eroio avevo
tu eritu hai
egli eraegli aveva
noi eravamonoi avevamo
voi eravatevoi avevate
essi eranoessi avevano
Pretérito perfeitoio fuiio ebbi
tu fostitu avesti
egli fuegli ebbe
noi fummonoi avemmo
voi fostevoi aveste
essi furonoessi ebbero
Futuroio saròio avrò
tu saraitu avrai
egli saràegli avrà
noi saremonoi avremo
voi saretevoi avrete
essi sarannoesse avranno
Condicional
Presenteio sareiio avrei
tu sarestitu avresti
egli sarebbeegli avrebbe
noi saremmonoi avremmo
voi sarestvoi avreste
essi sarebberoessi avrebbero
Subjuntivo
Presenteio siaio abbia
tu siatu abbia
egli siaegli abbia
noi siamonoi abbiamo
voi siatevoi abbiate
essi sianoessi abbiano
Pretérito imperfeitoio fossiio avessi
tu fossitu avessi
egli fosseegli avesse
noi fossimonoi avessimo
voi fostevoi aveste
esse fosseroesse avessero

Verbos regulares

1ª conjugação2ª conjugação3ª conjugação
Infinitivoamaretemereservire
Gerúndioamandotemendoservendo
Particípioamatotenutoservito
Indicativo
Presenteamotemoservo
amitemiservi
amatemeserve
amiamotemiamoserviamo
amatetemeteservite
amanotemonoservono
Pretérito imperfeitoamavotemevoservivo
amavitemeviservivi
amavatemevaserviva
amavamotemevamoservivamo
amavatetemevateservivate
amavanotemevanoservivano
Pretérito perfeitoamaitemei (temetti)servii
amastitemestiservisti
amòtemè (temette)servì
amammotememmoservimmo
amastetemesteserviste
amaronotemerono (/ettero)servirono
Futuroameròtemeròservirò
ameraitemeraiservirai
ameràtemeràservirà
ameremotemeremoserviremo
ameretetemereteservirete
amerannotemerannoserviranno
Condicional
Presenteamereitemereiservirei
amerestitemerestiserviresti
amerebbetemerebbeservirebbe
ameremmotemeremmoserviremmo
amerestetemeresteservireste
amerebberotemerebberoservirebbero
Subjuntivo
Presenteamitemaserva
amitemaserva
amitemaserva
amiamotemiamoserviamo
amiatetemiateserviate
aminotemanoservano
Pretérito imperfeitoamassitemessiservissi
amassitemessiservissi
amassetemesseservisse
amassimotemessimoservissimo
amastetemesteserviste
amasserotemesseroservissero
Imperativo
amatemiservi
amatetemeteservite

Os tempos compostos são construídos com as formas do verbo auxiliar avere mais o particípio do verbo principal (no masculino singular). Só se emprega o auxiliar essere com alguns verbos intransitivos; neste caso, o particípio concorda em gênero e número com o sujeito: è andato, siamo andati.

Forma passiva

Constrói-se com o verbo auxiliar essere e o particípio do verbo principal, que concorda com o sujeito. O agente é regido pela proposição da: i bambini hanno mangiato la torta: la torta è stata mangiata dai bambini. (As crianças comeram a torta; a torta foi comida pelas crianças).

Elementos de sintaxe

Em italiano, a construção da frase é mais livre do que em outras línguas. A ordem das palavras pode variar, tal como a das orações. É possível dizer: ieri sono andato al cinema (ontem fui ao cinema); sono andato al cinema ieri; al cinema sono andato ieri.

Forma negativa e interrogativa

Obtém-se a forma negativa antepondo o advérbio non ao verbo. As frases interrogativas diferencia-se apenas pela pronúncia, marcada por uma entonação ascendente, e pelo ponto de interrogação no final. Com frequência, são introduzidas por advérbios, pronomes ou adjetivos de interrogação (quando, dove, perché, etc.)

Subjuntivo

O subjuntivo tem perdido terreno para o indicativo. Mas este último não é empregado com as formas verbais que exprimem uma ideia ou opinião: credo que sia tardi (creio que é tarde). O subjuntivo também é empregado em preposições condicionais: sarei venuto, se mi avessi chiamato (teria vindo se me tivessem chamado).

- Publicidade -

Artigos recomendados