Tudo leva a crer que seja o inglês o idioma com mais palavras, com um número total de palavras estimado entre 500 mil e 1,2 milhão. “Mas não dá para ter certeza, pois as estatísticas que temos levam em conta apenas uma minoria de línguas”. Além disso, a contagem do léxico é muito difícil de ser feita. Um exemplo é o alemão, rico em palavras compostas que costumam ser contadas como um único termo”, afirma o linguista Bruno Dallari.

Uma das explicações para o inglês ser o campeão está no número de países que falam a língua (45 nações, somando mais 330 milhões de habitantes) e na imensa profusão de dialetos.

O linguista Deonisio da Silva, concorda que é impossível saber ao certo quantas palavras tem cada idioma. “Os dicionários registram palavras fora de uso e deixam de mencionar muitos novos vocábulos”.

Segundo ele, o português – falado na América, na Europa, na Ásia e na África por cerca de 220 milhões de pessoas – poderia facilmente ser incluído entre as línguas mais numerosas, com mais de 400 000 vocábulos.