Etimologia não é uma ciência exata. Em primeiro lugar, porque às vezes há várias teorias sobre a origem de um mesmo termo (como spam, por exemplo). Em segundo, porque uma palavra pode vir a significar com o passar do tempo, exatamente o oposto daquela que a originou. É o caso de “prestígio“, do latimpraestigium, que significava charlatanismo, impostura, e de “famigerado“, que vem do latim famigeratus (famoso, renomado).

  • Formidável: Procurando num bom dicionário o significado da palavra “formidável”, o primeiro significado que se encontra é “pavoroso, diabólico, horrendo, assustador”. E não faltam exemplos clássicos. Mas essa palavra passou a significar algo como “maravilhoso, excelente, fantástico”.
  • Bárbaro: Os gregos e os romanos denominavam bárbaros todos os estrangeiros. Bárbaro também é um indivíduo dos bárbaros, povo do Norte da Europa, que, por sinal, invadiu parte do Império Romano. A palavra também assumiu o significado de “rude, sem civilização, inculto, selvagem”. No Brasil, essa palavra possui ainda o sentido de “muito bom, excelente”. Muita gente de mais de 40 anos continua usando essa palavra com esse sentido muito comum na época da Jovem Guarda.
  • Sofisticado: Usada largamente com o sentido de “chique, muito chique, de extremo bom gosto, de alto nível”, essa palavra aparece nos dicionários como derivada de “sofisticar”, sinônimo de “sofismar”, ou seja, “falsificar, adulterar, deturpar”. E um sofisma nada mais é do que “argumento falso formulado de propósito para induzir alguém a erro”.
  • Relevar: “Relevar um fato” pode ser “destacá-lo”, dar-lhe importância, salientá-lo, ou “deixá-lo de lado, ignorá-lo, atenuar sua importância”. A palavra simplesmente tem sentidos quase opostos. E mais um que quase passa despercebido: “tornar a levar, levar de novo”.
  • Percalço: E “percalço” que significa “problema, obstáculo, dificuldade”, como é mais usada hoje. Mas também pode significar “lucro, vantagem, provento, rendimento, proveito”.
  • Sanção: Essa palavra pode significar “aprovação” (a sanção que o presidente dá a uma lei, por exemplo). Mas também pode significar “castigo, punição” (as sanções impostas aos que desrespeitam o código de trânsito, por exemplo).