Quina do Latim clássico quina, série de cinco números, que no Latim vulgar era designado por quinque, cinco, étimo presente na formação de diversas palavras portuguesas, como quinquênio, quinquenal, quinquagésimo, quinta-feira e quíntuplo. Designa ainda modalidade de loteria em que ganha aquele que acerta um total de cinco números.

O dicionário Houaiss abona o vocábulo assim: “No (sic) loto ou na víspora, série de cinco números na mesma linha”. Mas, no verbete loto, acerta o gênero: “Loto: substantivo feminino, modalidade de loteria, como a quina, a sena etc., que premia o apostador que acertar um total de números estipulados”. Se é feminino, a pessoa acerta na loto e não no loto.

Já a palavra quinhão, do Latim quinione, declinação de quinio, reunião de cinco, mudou de significado, designando não mais a quinta parte de alguma coisa, mas a quantia que cabe a cada um na divisão de um todo. Em março, lia-se nos anais da Câmara: “O relator da proposta, Deputado Fernando Coelho Filho (PSB-PE), afirmou que é ‘público e notório’ que, na maioria dos casos, milhares de famílias recebem seu quinhão em assentamentos provenientes de reforma agrária sem as condições ideais de habitabilidade e produtividade porque a infraestrutura é inexistente ou muito deficiente”. Quinhão, como se vê, não era a quinta parte da área, era a parte que cabia a uma das famílias ali assentadas.

Sena do Latim clássico sena, série de seis números, que no Latim vulgar era designado por sex, seis, étimo presente na formação de palavras como sexteto, sexagenário, sexagésima, sexta-feira, sextavado e sêxtuplo. Na loto, designa modalidade em que se sorteiam seis dezenas, ganhando quem acertar a sena principal (o prêmio maior é formado por todas as seis dezenas jogadas) e as chamadas sena posterior (as seis dezenas imediatamente acima das da sena principal) e sena anterior (as seis dezenas imediatamente abaixo das da sena principal), a quina (cinco das seis dezenas) e a quadra (quatro das seis dezenas).