Ou ficar embriagado, como é mais comum. A expressão vem do nome do soldado mercenário Friedrich Hermann von Schönberg, que depois virou o Duque de Schomberg, com direito a assento na Câmara dos Lordes na Inglaterra.

Como era beberrão, passou-se a dizer “tomar uma Schomberg“, e por deturpação uma xumbrega, aos que bebiam demais.  Em Lisboa, os bigodes aparados a tesoura foram também chamados “chumberga”, à moda de von Schomberg.

Friedrich Hermann von Schönberg

Frederico Armando de Schomberg ou em alemão Friedrich Hermann von Schönberg (16 de Dezembro de 1615 – 1 de Julho de 1690), conde e duque de Schomberg, foi um general alemão que, contratado pelo conde de Soure, em 1660, veio para Portugal reorganizar o Exército Português, tendo contribuído para algumas vitórias como a Batalha do Ameixial e a Batalha de Montes Claros, em 1665. Teve algumas desinteligências com o 3.º conde de Castelo Melhor e com o marquês de Marialva.

Em 31 de Março de 1668 obteve o título de conde de Mértola através do rei D. Afonso VI de Portugal.