Língua Coreana

O coreano é a língua oficial da Coreia do Sul e Coréia do Norte. Cerca de 78 milhões de pessoas falam coreano em todo o mundo. Por mais de um milênio, o coreano foi escrito com caracteres chineses adaptados, chamados hanja, e complementado por diferentes sistemas fonéticos. Um sistema de escrita nacional chamado hangul foi encomendado no século 15, mas só entrou em uso generalizado no século 20.

É uma língua comum, mas com diferentes dialetos regionais. Na Coréia do Norte, a língua padrão é baseada no dialeto falado em Pyongyang. Já na Coreia do Sul no dialeto da capital local, ou seja, em Seoul. No entanto, as diferenças entre os dialetos não são particularmente grandes, os coreanos não tem problemas em entender um ao outro. No entanto, há relativamente muitos estrangeirismos no coreano da Coreia do Sul vindos do Inglês, que são evitados na Coréia do Norte.

Quando se trata de classificar a língua coreano a uma família de línguas, há dois pontos de vista: Alguns classificam o Coreano às línguas altaicas ou a nenhuma família de línguas.

O Coreano é uma língua aglutinante, o que significa que os tempos e os casos são expressos por prefixos ou sufixos agregados aos verbos. Portanto, o verbo é também o elemento mais importante da língua coreano, você pode criar frases que consistem apenas de um verbo. Particularmente importante neste contexto, são as formas de cortesia.

O Hangul

A escrita coreana é a única no mundo que foi criada pela promulgação de um rei. Na Coréia até o século 15, a língua escrita chinesa era a língua oficial. As pessoas comuns usavam o vernáculo, mas não sabiam ler e escrever. Meados do século 15, o Rei Sejong adotou um alfabeto com 28 letras. Destes, 24 ainda existem hoje e formam a base da escrita Hangul.

Dos 24 caracteres 5 são consoantes duplas, 11 ditongos e 11 consoantes duplas.

A escrita Hangul é escrita da esquerda para direita e de cima para baixo.

Curiosidades sobre o Coreano

  • Seul, capital da Coréia do Sul, significa “a capital” em coreano. Seul, a maior cidade da Coréia do Sul e a capital.
  • Kimchi é o banchan, ou prato, mais popular na cozinha coreana. Existem centenas de variedades, mas essencialmente é legumes em conserva e fermentados (na maioria das vezes repolho), com uma mistura de especiarias.
  • Às vezes, o coreano prefere a palavra “nosso” ao invés de “meu”. Para os coreanos, dizer meu país, minha mãe e meu marido/esposa pode parecer muito egocêntrico. Soa melhor dizer nosso país, nossa mãe e, estranho para ouvidos não-coreanos, nosso marido/esposa.
  • Bibimbap, é uma refeição coreana feita de arroz, legumes, massa de pimenta e carne ou um ovo frito.

O Coreano pode ser um idioma difícil de dominar para os nativos da língua portuguesa, porque é muito diferente dos idiomas indo-europeus, como o Espanhol, Alemão. Não desista quando/se as coisas ficarem difíceis. Trate o aprendizado do idioma Coreano como a resolução de um grande quebra-cabeças e divirta-se!

Saiba mais sobre a Língua Coreana no Wikipedia ou Comece a aprender Coreano no site AprendendoCoreano.net