Avere degli scheletri nell’armadio

A macabra expressão Avere degli scheletri nell’armadio ou Avere uno scheletro nell’armadio (“ter um esqueleto no armário”) é uma expressão italiana que significa que uma pessoa possui para si própria um ou mais segredos comprometedores, segredos vergonhosos ou constrangedores escondidos em sua história de vida, algo parecido que possa até ser prejudicial à sua reputação.

Na língua inglesa existe uma expressão semelhante: “To have a skeleton in the closet” amplamente utilizada na literatura. Skeleton in the cupboard (inglês britânico) ou skeleton in the closet (no inglês americano).

Esta frase é uma metáfora para expressar o medo que algumas pessoas têm sobre alguns assuntos de seu passado, preferindo não revelar certos episódios de sua vida por considerar extremamente constrangedores ou denunciadores. Por esta razão, não querem abrir o “armário” para não se deparar com os “esqueletos” que estão lá escondidos.

Em português a expressão também existe, e mesmo não sendo uma expressão criada na língua portuguesa, mas sim um empréstimo de uma expressão estrangeira, “esqueleto no armário” passou a ser bastante utilizado no Brasil a partir do final do século XX. Atualmente, alguns críticos da língua portuguesa apontam que esta expressão está a se transformar em um clichê.

Exemplo: “Existem vários candidatos com esqueletos no armário a concorrer a presidência este ano”.

Exemplo de uso

Si comporta un modo strano ultimamente. Deve avere degli scheletri nell’armadio.
Está se comportando de modo estranho ultimamente. Deve estar escondendo alguma coisa.

Le persone che non ti guardano negli occhi nascondono qualcosa. Chissà quanti scheletri hanno nell’armadio.
As pessoas que não te olham nos olhos escondem alguma coisa. Pergunto-me quantos segredos ela deve ter.

Expressão sinônima

Avere la coda di Paglia 
Ter o rabo de palha