Originalmente, ain’t era apenas a abreviação de “aren’t” (are not) no inglês falado. Mas, com o tempo passou a ser usada como a abreviação de “am not” e “is not” também! Ou seja:

I ain’t hungry.
[I’m not hungry.] (Eu não estou com fome)

You ain’t a good friend.
[You aren’t a good friend.] (Você não é um bom amigo.)

He ain’t a good guy.
[He isn’t a good guy.] (Ele não é gente boa)

We ain’t married.
[We aren’t married.] (Nós não somos casados.)

You guys ain’t coming with us.
[You guys aren’t coming with us.] (Vocês não vão vir com a gente.)

They ain’t home.
[They aren’t at home.] (Eles não estão em casa.)

Esta palavra, porém, não deixou de ser usada por ser considerada típica de pessoas não estudadas. Ela continuou, continua e continuará aparecendo em inglês por muito tempo. O mais curioso, no entanto, é que hoje em dia ela é usada também para fazer o papel de “don’t have“, “doesn’t have“, “didn’t have“:

I ain’t got a car
[I don’t have a car.](Eu não tenho carro.)

She ain’t got many friends.
[She doesn’t have many friends.](Ela não tem muitos amigos.)

He ain’t an answer for that.
[He don’t have an answer for that.](Ele não sabe a resposta.)

We ain’t any money on us.
[We didn’t have any money on us.](A gente não tinha dinheiro.)

Através dos exemplos acima você pode notar o quão versátil a palavra ain’t é. Alguns linguistas já declaram que em um futuro não muito distante ela poderá substituir oficialmente a forma negativa do verbo “be” e “have“. O pessoal mais preso à gramática das regras fica de cabelo em pé quando lê ou escuta isso.

Veja o artigo completo e original em: “O que significa AIN’T?”

See you!