Primeiros contatos

Generalidades

Com pessoas desconhecidas, é importante escolher um assunto neutro para a conversa. Na Grã-Bretanhamo tempo é o assunto ideal. Todos o utilizam para iniciar a conversa:

It’s hot/cold today, ins’t it?
Hoje está fazendo calor/frio, não?

I can’t believe this weather, can you?
Não dá para acreditar nesse tempo, você não acha?

Have you been waiting long?
(Você)/Está esperando há muito tempo?

Have you been here before?
É a primeira vez que (você) vem aqui?

It’s nice here, isn’t it?
É simpático este lugar, não acha?

Do you come here often?
Você/o senhor/a senhora vem sempre aqui?

Prolongar a conversa

Se conhecemos pouco o interlocutor, podemos prosseguir a conversa com perguntas como:

So, how do you know David?
E então, como você/o senhor/a senhora conheceu o David?

So no início da frase pode tanto marcar início de assunto ou proposta, equivalendo a bem, como iniciar a pergunta sobre entendimento, equivalendo a então.

Where abouts do you live?
Onde você mora?

Do you go out much?
Você/o senhor/a senhora sai muito?

What sort of things are you into?
Quais são seus interesses?

Did you see that documentary on TV last night?
Você/o senhor/a senhora assistiu àquele documentário ontem à noite, na TV?

Have you seen the news today?
Você/o senhor/a senhora viu as notícias/leu o jornal, hoje?

How long have you known David (for)?
Há quanto tempo você/o senhor/a senhora conhece David?

What do you do (for a living)?
O que você/o senhor/a senhora faz (na vida?)

Note a diferença entre What do you do (for a living)? e outra pergunta usando gerúndio: What are you doing? (O que você está fazendo?).

A seguinte fórmula permite nos apresentarmos a um interlocutor com quem já estamos conversando:

By the way, I’m Martin.
My name is Martin, by the way.
A propósito, eu sou Martin / meu nome é Martin.

Manter um diálogo

Manifestar interesse ou surpresa

Para expressar interesse e aprovação ao que diz seu interlocutor, você pode utilizar Right, Yes, Yeah, Ok, e também:

Go on. (I’m listening.)
Continue. (Estou escutando.)

I see.
Entendi/Entendo

I know (what you mean).
Compreendo (o que quer dizer.)

You don’t need/have to tell me.
Não precisa me contar.

Tell me about it!
Nem me diga!

You can say that again.
A quem você está dizendo isso. (para reforçar que você concorda plenamente)

You poor thing!
Coitadinho/Pobrezinho

How awful! Terrible!
Que horror!

As seguintes fórmulas servem para estimular seu interlocutor a prosseguir com a conversa:

Then what?
E depois/Então?

And what did she say to that?
E o que ela respondeu/disse sobre isso?

The what did you do/say?
E (aí) o que você/o senhor/a senhora fez/falou?

And?
E (então/aí)?

Note que and?, neste caso, é usado para fazer uma pergunta e, portanto, a entonação deve ser alterada.

Os vários graus de surpresa podem ser indicados com as seguintes expressões: Really? Never! I don’t believe it! You’re kidding! You’re joking! Get away! No way! Oh, my God!.

Solicitar explicações

Sem cortar a palavra de seu interlocutor, essas fórmulas indicam que você precisa de esclarecimentos ou de uma pausa no diálogo:

I’m afraid I don’t undersand/follow.
Desculpe-me, não estou entendendo/acompanhando (o seu raciocínio).

I’m sorry. I didn’t catch your name.
Sinto muito, não entendi o seu nome.

I’m sorry. I didn’t catch what you said.
Desculpe, não entendi o que você/o senhor/a senhora disse.

I’m afraid you’ve lost me.
Desculpe-me, mas não estou seguindo seu raciocínio.

I think I must have misunderstood.
Acho que não o/a entendi bem.

Expressões informais

What?
O que?

Eh?
hein?

Certificar-se de uma opinião

Se você não entendeu o raciocínio de seu interlocutor, pode pedir que ele explique melhor com o auxílio das seguntes fórmulas:

What/How do you mean?
O que você/o senhor/a senhora quer dizer?

What does that mean?
O que isso quer dizer/significa?

Are you saying we don’t have enough time?
Você/o senhor/a senhora está dizendo que não temos mais tempo?

Do you mean the tall man with blond hair?
Você/o senhor/a senhora está falando daquele homem alto, de cabelos loiros?

So you think I should take the job, do you?
Então você/o senhor/a senhora acha que devo aceitar o emprego, é isso?

A expressão do you? colocada no final da frase forma uma locução interrogativa, ou question tag, que ser para incentivar seu interlocutor a prolongar a conversa. Ela indica que você espera uma resposta e, no exemplo, subentende é isso?, por quê?, não é? etc.

I’m afraid e I’m sorry são expressões quase obrigatórias em inglês britânico para abordar ou interromper alguém educadamente.

Retomar contato

Fórmulas para iniciar uma conversa

Eis algumas fórmulas para iniciar uma conversa com um amigo que não vemos há algum tempo:

How have you been?
Como tem passado?

What have you been up to since I last saw you?
O que você tem feito desde a última vez que nos vimos?

How’s work?
Como está o trabalho?

How’s the family?
Como vai a família?

Where have you been? I haven’t seen you in ages.
Por onde tem andado? Faz tempo que eu não o/a vejo.

Long time no see!
(Há)/Quanto tempo!

Sorry I haven’t been in touch. Things have been really hectic.
Desculpe-me por não ter entrado em contato. Minha vida está uma loucura.

I’m glad I’ve bumped into you. I’ve been meaning to call you ages.
Que bom que eu o/a encontrei. Faz tempo que estou pensando em ligar para você.

Hello, stranger!
Oi, sumido/a!

A expressão stranger em saudação informal deixa implícito o sentido faz muito tempo que não o/a vejo.