In the middle of nowhere
No meio do nada

In the heart of the city
Bem no centro da cidade

Just around the corner from…
Bem pertinho…

To be int [sport / going ou]
Gostar de [esporte] / Estar a fim de [sair]

I can’t stand / bear [mosquitos / living here]
Não aguento [mosquitos / morar aqui]

To be dying for [a drink / pee / cigarette]
Estar com muita vontade de [beber / fazer xixi / fumar]

On the whole / As a rule
Em geral, normalmente

It’s not my cup of tea
Não é minha praia

Rubbish [GB] crap [US]
Péssimo / uma bosta

Amazing / Brilliant [GB]  Awesome [US]
Muito legal, maravilha

[My job / Being single] sucks!
[Meu trabalho / Ser solteiro] é um saco!

Curiosidades

A tradução da palavra “cidade” depende do tamanho e da importância do lugar, a city significa uma cidade bastante grande; para uma cidade menor, usar-se town; e, para uma cidadezinha (no interior), a tradução correta é small town ou village (in the country)

Em muitos países, as crianças ficam na escola (quase) o dia todo e, portanto, não existem períodos matutinos e vespertinos. Na Grã-Bretanha, o horário típico é de 9h a 15h30; no Estados Unidos, de 8h a 14h30.

Para conseguir uma vaga na faculdade, os alunos fazem uma prova nacional (A-levels na Inglaterra e SATs nos Estados Unidos), e não uma prova individual para cada universidade. Além disso, levam-se em consideração a média das notas e as atividades extracurriculares.

É bastante comum fazer faculdade em outra cidade (e não morar com seus pais) e, na Grã-Bretanha e na Austrália / Nova Zelândia, é normal fazer um gap-year, ou seja, um ano trabalhando ou viajando antes de começar a universidade.  Porém, parar os estudos no meio de um curso é menos comum, e, geralmente, os estudantes precisam completar o curso dentro do período normal.