Inglês: Expressões e Gírias do dia-a-dia

44

Hey
Oi

G’day = Good Day
Bom-dia (Austrália)

Hi man / dude
Oi, cara!

A guy / a bloke [GB]
Um cara

What’s up?
Como vai? O que está rolando? Qual é o problema?

Alright? [GB]
Oi, tudo bem?

Long time no see!
Quanto tempo!

LAter / Catch you later
Até mais

Take it easy
Pega leve

What are you up to? What’ve you been up to?
O que você está fazendo / aprontando? O que você anda fazendo?

I’ve been rushed off my feet. It’s been total madness
Anda na maior correria; Tem sido uma loucura

Same old, same old.
A mesma história de sempre

Do you fancy [going shopping]?
Você está a fim de [fazer compras]?

What sort of time?
Tipo que horas?

See you around
A gente se vê

To take a rain check
Deixa pra outro dia

To have a chat
Bater papo

To have a word
Dar uma palavrinha

Cheers [mate] [GB]
Valeu / Saúde!

No worries
Sem problema

Never mind
Não faz mal / Deixa pra lá

Curiosidades

  • Em geral, na Inglaterra não há o mesmo nível de proximidade física existente no Brasil. Muitas pessoas preferem não ficar muito próximas de outras durante uma conversa, e os britânicos geralmente falam mais baixo do que os brasileiros / americanos.
  • Não é muito comum beijar uma pessoa ao conhecê-la pela primeira vez, mas um beijo (só) entre mulheres e homens/mulheres é bastante comum. Por outro lado, os homens quase sempre dão a mão ao se conhecer pela primeira vez, mas não com seus amigos, às vezes apenas levantando a mão ou balançando a cabeça para dar um oi.
  • As formas linguísticas usadas para fazer pedidos normalmente são mais educadas do que na língua portuguesa e sempre devem incluir please e thank you. Por exemplo, a tradução da frase “Me dá um café” – Give me a coffee – seria considera bastante mal-educada. No mínimo, usa-se Can I have… ?, até diversas frases formais, como Would it be possible to have…?, Would you mind bringing me… ? ou I was wondering if you could (possibly) give me…?
  • Brasileiros comentam com frequência que as pessoas (principalmente em cidades grande como Londres ou Nova York) não olham para as outras na rua, e que os homens olham para as mulheres de uma forma bem mais discreta do que os brasileiros.
  • É mais comum fazer planos com antecedência (sem confirmar) e. em regal, quando se faz um convite para visitar a casa de alguém, isso é considerado um compromisso, e não apenas uma forma de ser educado, como no Brasil, onde, muitas vezes, se fala “Vamos fazer um churrasco lá em casa qualquer dia desses” e, na verdade o encontro acaba nunca acontecendo.

- Publicidade -

Você vai gostar também

- Publicidade -

Não perca nossas novidades!

Assine nossa newsletter e receba novidades e dicas grátis em seu email.

Muito bem! Confirme seu email e você receberá dicas em primeira-mão! :)