Muito estudantes de Espanhol dizem que quando viajam para o México tem algumas dificuldades em entender o que as pessoas por lá dizem, principalmente quando estão falando com amigos mexicanos.

Os estudantes que tiveram a oportunidade de viajar para o México com a esperança de colocar em prática seu espanhol, muitas vezes se sentem decepcionados ou frustrados pela impossibilidade de encontrar nos dicionários os significados de muitas das palavras que escutam por lá.

O México conta com uma grande parcela da população de espanhola do mundo, mas o sotaque mexicano é bem particular e bem diversificado. Por isso, aqui trazemos algumas palavras que você com certeza encontrará em sua visita ao México.

GÜEY

É uma palavra muito característica do México. Dependendo de quem a utiliza, e em que contexto, güey tem conotações que vão desde uma palavra de carinho até uma ofensa. Para resumir, é o equivalente mexicano ao “hermano” (irmão) ou “tío” (tio). Porém, em outras situações e contextos pode querer dizer “pessoa estúpida”, “imbecil” ou mesmo “idiota”.

Por conta dessa versatilidade, güey é possivelmente a palavra mais usada em todo México, e por isso é bom conhece-la e tê-la em seu vocabulário. Exemplos do uso de Güey:

  • Oye güey (amigo), vámonos a la fiesta.
  • Eres un güey (você é um idiota), lo echaste a perder.
  • El güey (namorado) de María Victoria ya se tardó mucho, ¿no?
  • ¿Qué onda güey? (Eaí amigo, como vai?)
  • Güey, ¡ya la cagué!
  • No seas güey, te están poniendo el cuerno.
  • ¡Fue muy güey de mi parte no haberte entendido!
  • Ay güey, no tienes los huevos bien puestos.
  • Güey, no dejes que tu jefe te explote, no seas güey.
  • Se necesitaron cinco güeyes para mover el camión.
  • Muy güey, muy güey, ¡pero bien que te lo creíste!
  • Ese güey es un huevón, seguro no te ayudará.
  • Aquél es medio güey, así que mejor dile a otro que te ayude.
  • Hay tanto güey desempleado que por eso hay tanta pobreza.

ÁNDALE (vamos! vamos lá!)

Muitas pessoas já ouviram em algum momento da vida essa palavra, principalmente aquelas pessoas fãs de desenhos animados como Looney Tunes, palavra é muito conhecida por ser utilizada pelo Speedy Gonzáles (conhecido como Ligeirinho no Brasil). Isso mesmo, essa é a palavra que o Ligeirinho grita todo dia: “ándale ándale arriba arriba”.

Ándale é uma palavra clássica mexicana. Sempre que escutamos essa palavra lembramos do México e ela deve ser pronunciada com um tom de voz alto e bem agitado. A palavra se traduz essencialmente como um “vamos logo!”, “anda!”, “vamos!”, uma interjeição. Lá também utilizam o “Apurate!”, que tem o mesmo significado.

Mas isso não significa que você possa dizer esta palavra quando estiver com um estado de espírito calmo. Esta palavra é para ser usada em um estado de ânimo agitado, em momentos de euforia. Exemplos do uso de Ándale:

  • Ándale, ¡vamos al cine!
  • Ándale, ¡apúrate que ya se me hace tarde!
  • Ándale, exactamente como lo imaginaba.
  • Ándale, ¡la cosa se pone interesante!
  • ¡Ándale puto que no tengo tu tiempo!
  • Más a la derecha… un poco más todavía, ¡ándale allí quedó bien!
  • ¡Ándale! ¡Qué te deja el camión!
  • Ándale cabrón, ¡así quería encontrarte!
  • ¡Ándale! ¡tal como me cuentas así sucedió!
  • Ándale, que carro tan chido.
  • Ándale rápido a comprar lo de la comida.
  • Ándale pero que bueno.
  • Ándale, ¡ese es el ipad que quiero comprarme!

¿A POCO?

É uma expressão de surpresa e incredulidade, em uma situação em que você não pode acreditar no que estão te dizendo, por exemplo: “O cantor Julio Iglesias não vai mais se apresentar no México”. Resposta: ¿A poco?

Ou por exemplo:  “O vagabundo que você via todos os dias dando golpes por aí, ganhou na loteria e agora vive em uma mansão”. Respostas: ¿A poco?.

É uma frase que você diz com espanto no rosto, é uma expressão de surpresa, e de ironia também. Exemplos:

  • ¿A poco se acabaron los boletos?
  • ¿A poco?  ¡No mames güey, no te creo!
  • ¿A poco te mandó a la chingada tu novio?
  • ¿A poco hay agua en marte?
  • ¿No puede ser, a poco te robaron?
  • Ese güey se parece a DiCaprio, ¿A poco no?
  • ¿A poco te gustó la conferencia?
  • ¿A poco sí hubo clases?
  • Soy muy chingón, ¿A poco no?
  • Eres muy pendejo, ¿A poco no te das cuenta?

BRONCA

No espanhol “original”, a palavra se traduz como “disputa”, “pertubação”. Mas os mexicanos dão a essa palavra um outro significado, que a torna um pouco mais suave. Para os mexicanos, a palavra significa simplesmente problema, nada demais… Quem não tem problemas? Todos temos, mas os mexicanos não se aborrecem com isso. Eles apenas dizem: “no hay bronca”, isso significa que não tem nenhum problema. Exemplos:

  • Había  una bronca en el bar.
  • Las declaraciones de la señora motivaron la bronca de los asistentes al acto.
  • Me da mucha bronca que seas así de terco.
  • No hay bronca, ¡yo te ayudo!
  • ¿Me estás echando bronca?
  • Sin broncas, la vida es más fácil.
  • ¡Tengo muchas broncas económicas!
  • Bronca tras bronca… ¿No puedes dejarme en paz?
  • La bronca está en entender el problema, ya que lo entendiste, no hay bronca para resolverlo.
  • Te complicas la vida con tantas broncas con tu pareja.
  • Si quieres bronca, ¡la tendrás!
  • ¡Se me terminaron las broncas! ¡Me divorcié!
  • Broncas siempre tendrás, lo importante es afrontarlas.

Bom! Isso é tudo por enquanto, pessoal. Não é nem de longe uma lista completa das expressões que existem no rico vocabulário mexicano, mas já é possível ter uma ideia do que te espera ao visitar o México.

Artigo traduzido e adaptado por HR Idiomas
Original ‘Palabras que necesitas en Mexico’ (em espanhol)