Uso da Preposição Indefinida

20

Segundo a Regra de Preposição, elas são palavras que ligam dois termos: a ideia que comanda (regente) é ligada à ideia comandada (regida) por uma palavra “pré-posicionada” antes dela:

LIBRO DE PETRO (regente + preposição + regida)

O sentido das preposições, em Esperanto é bastante preciso e promove a clareza da transmissão das informações. Vejamos as frases em português:

Eu passeio COM meu filho.
Eu escrevo COM um lápis.

As duas frases têm a preposição “com”. Porém, seus significados são diferentes, gerando para cada frase um sentido. Na primeira, “com” indica companhia. Na segunda, “com” localiza-se diante do instrumento usado para fazer  determinada tarefa. Tais frases são assim traduzidas:

Mi promenas KUN mia filo (Eu passeio COM meu filho)

Mi skribas PER krajono (Eu escrevo COM um lápis)

Está clara a relação de sentido, pois as preposições KUN e PER indicam, respectivamente, companhia e instrumento. Esta lógica não prevalece em português, no qual uma preposição como “de”tem um uso muito vasto, já que pode indicar posse, composição, quantidade e causa, entre outras coisas:

Casa de Maria (a casa pertence à Maria)
Mesa de madeira (a mesa é feita de madeira)
Grupo de pessoas (o grupo contém pessoas)
Chorar de dor (o choro ocorre em razão da dor)

Para cada caso, a preposição utilizada em Esperanto é adequada para ligar ambas as ideias:

Domo DE Maria = Casa de Maria (a casa pertence à Maria)

Tablo EL ligno = Mesa de madeira (a mesa é feita de madeira)

Grupo DA personoj = Grupo de pessoas (o grupo contém pessoas)

Plori PRO doloro = Chorar de dor (o choro ocorre em razão da dor)

Caso alguma preposição não possa expressar a relação de sentido de maneira tão precisa, o Esperanto possui uma espécie de “coringa linguístico”. Uma preposição que não tem significado próprio (preposição indefinida), mas dá conta do sentido, que outra preposição não pode expressar: JE.

Ele crê em Deus.

Na tradução da frase, não se pode usar a preposição “EN” (em, dentro de). Não faz sentido dizer “Mi kredas EN Dio”. Como não há outra preposição adequada, a frase é traduzida por:

Mi kredas JE Dio (Eu creio EM Deus)

Outro exemplo:

Conto com você.

Este “com” não expressa companhia, nem instrumento. O sentido da frase é o de contar com seu apoio, seu incentivo. Não faz sentido, portanto, traduzi-la por “Mi kalkulas KUN vi” ou “Mi kalkulas PER vi“, mas sim por:

Mi kalkulas JE vi (Conto com você)

Observação: Apesar da preposição em questão ser indefinida, por não ter um significado próprio, ela possui múltiplos significados, dependendo da frase que é utilizada, e só pode ser usada quando NENHUMA das preposições for adequada. Assim, não faz sentido dizer: Domo JE Maria.

Sabemos que a preposição adequada é DE, que estabelece perfeitamente a relação de sentido entre ambas as ideias, ocasionando a tradução: Domo DE Maria.

Portanto:

Quando nenhuma preposição for adequada, pode-se usar a preposição indefinida JE:

A preposição JE tem alguns usos mais pontuais. Por exemplo, para expressar horas:

A que horas vocês vão se encontrar?

Nesta frase, não há uma palavra para expressar o sentido da palavra “a”. Seria estranho dizer, por exemplo:

* Al kioma horo vi renkontiĝos?

A palavra AL (a, para) expressa direção, mas seria inadequada nessa frase, pois não seria capaz de fazer a devida relação do sentido das ideias. Tradução adequada:

JE kioma horo vi renkontiĝos? (A que horas vocês vão se encontrar?)

Resposta possível:

JE la tria horo (Às três horas)

O JE também pode expressar datas:

JE la dudek-sesa de junio du mil dek tri (Em vinte e seis de junho de 2013)

Se não desejarmos utilizar a preposição, podemos omiti-la, colocando em seu lugar a letra N do acusativo na palavra ou expressão que vem após a preposição JE:

JE kioma horo vi renkontiĝos? = KIOMAN HORON vi renkontiĝos?
(A que horas vocês vão se encontrar?)

JE la tria horo = La TRIAN HORON (Às três horas)

JE la dudek-sesa de junio du mil dek tri = La DUDEK-SESAN de junio du mil dek tri.
(EM vinte e seis de junho de 2013)

Este acusativo, portanto, pode ser usado para substituir a preposição a fim de atingir precisamente o ALVO da palavra que a segue.

- Publicidade -

Você vai gostar também

- Publicidade -

Não perca nossas novidades!

Assine nossa newsletter e receba novidades e dicas grátis em seu email.

Muito bem! Confirme seu email e você receberá dicas em primeira-mão! :)