Mesmo que você tenha estudado italiano ou esteja estudando esta bela língua, você só vai aprender algumas gírias e expressões andando pelas ruas da Itália… ou lendo este artigo! :)

Aqui está uma lista das gírias que os italianos usam muito, e junto delas, algumas dicas de como e quando utiliza-las (e também quando não usá-las!).

Ci fai o ci sei?

Você é assim mesmo ou só está brincando/fingindo?
(tradução literal: Você faz assim ou é assim?)

Essa questão é uma forma de expressar extremo descrédito pelo jeito que uma pessoa está agindo. Por isso, você deve perguntar:
– Você é assim mesmo ou só está fingindo?

Non t’allargare

Não se ache
(tradução literal: Não se alargue)

Essa frase é usada com pessoas que forçam a barra com seu comportamento. Por exemplo, você elogia alguém por ter feito um bom trabalho e então essa pessoa começa a se gabar dizendo que logo será promovido. Nesse contexto, fale para ele:

– Também não é para exagerar, non t’allargare.

Parla come mangi

Vá direto ao ponto
(tradução literal: Fale como come)

Quando uma pessoa fala de uma forma muito complicada, usando metáforas em vez de ir direto ao ponto, ou quando ela quer se exibir soltando muitos adjetivos e advérbios no meio da conversa, então você deve falar para ela ser mais direta:

– Parla come mangi, não seja retórico, pare de me confundir com todas essas palavras desnecessárias!

Non esiste!

De jeito nenhum! Pode esquecer! Sem chance!
(tradução literal: Não existe!)

Ao receber um pedido que é impossível ou inaceitável, você não precisa achar um argumento válido contra ele: simplesmente fale que o pedido não existe! Se ele não existe, não tem como você saber do que a pessoa está falando.

– Você quer que eu trabalhe durante o fim de semana? Non esiste!

Non cercare di intortarmi

Não tente me enrolar
(tradução literal: Não me “embole”)

– O quê? Você acredita nele? Eu acho que ti ha intortato (ele “embolou” você)!

Chissenefrega (Chi se ne frega)

Eu não me importo/ Quem se importa?
(tradução literal: quem se esfrega?)

Cuidado com essa expressão: você pode com certeza usar entre amigos, mas lembre-se de que ela é bem coloquial e grosseira. Ela quer dizer que você não se importa nem um pouco com alguma coisa. Portanto, não a use de forma leviana. Essa frase é provavelmente uma das mais ouvidas na Itália.

Dopo facciamo i conti

Nós acertamos isso depois
(tradução literal: Depois fazemos as contas)

Essa é uma frase que toda mãe italiana usa pelo menos uma vez na vida com seus filhos. É um aviso amigo que diz: “Se você se comportar assim agora, não pense que vou esquecer. Você vai ter de lidar com as consequências depois”.

– Limpe seu quarto ou dopo facciamo i conti!

Essa expressão também pode ser usada de uma forma gentil. Por exemplo, quando um amigo convida você para jantar e insiste em pagar, você recusa, a situação fica naquele vaivém. No final, a pessoa que “ganha a briga” pode dizer dopo facciamo i conti. Isso significa que vocês podem conversar sobre dinheiro outro dia, uma forma amigável de dizer que o tópico não será mais discutido.

– Eu devo a você 15 euros pelo jantar!
– Ah, dopo facciamo i conti, não se preocupe!

Magari!

Quem dera!

Essa simples exclamação é muito expressiva e pode ser usada quando você realmente espera que algo aconteça ou deseja que tivesse acontecido. No contexto de uma frase inteira, a palavra magari significa “talvez”, mas, quando usada sozinha em uma exclamação, ela se torna muito mais poderosa. Eu acho essa palavra bem poética, pois vem do grego μακάριος (makarios), que quer dizer “abençoado”.

– Ah, você comprou um carro novo! Ganhou na loteria?
– Magari!

Publicado por Giulia Depentor em Babel Magazine